descortinar

Aivazovsky, The Sunset

   Demos as mãos e ao correr juntos, 
   esbarramos em fórmulas mal-ditas e 
   satíricas, de refrões seculares.
   Corríamos e ríamos de nós mesmos...
   Ondas, pedras pisadas, tornaram-se passado, 
   ridicularizadas por obstáculos futuros, que 
   também pareciam mais tortuosos.
   Imagem, a tarde, bosque de flores silvestres,
   no alto da velha montanha cinzenta,
   alcançamos o crepúsculo quando 
   reinávamos sob um grande carvalho.
Anúncios

Sobre hilam

Ainda em processo de construção humana, mesmo com mais de 40 anos de idade...

Publicado em 03/08/2012, em Poesia e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: